Dieta Hipossódica para Diabéticos – Cardápio, Hipertensos, Características

O diabetes é uma doença que afeta milhões de brasileiros e que pode ser o diabetes tipo 1, aquele que afeta crianças e adolescentes e é totalmente hereditário, e o diabetes tipo 2, que afeta pessoas com mais de 50 anos e é causado por maus hábitos, hereditariedade, mesmo que em menor quantidade, e obesidade. Essa doença ataca principalmente o pâncreas, responsável por sintetizar a glicose do nosso organismo, por meio da insulina.

dieta hipossódica

Existem diversas consequências associadas ao diabetes, como problemas cardíacos e neurológicos, perda de visão, amputações entre outros. As dietas são fundamentais, pois mesmo com o consumo por parte do doente de insulina, certos alimentos passam a ser proibidos.

A dieta hipossódica é direcionada para quem é hipertenso e não pode consumir muito sal, mas bastante útil também para os diabéticos, pois é equilibrada e saudável. Nesse artigo você vai saber tudo sobre essa dieta e vai aprender como colocá-la em prática.

Alimentos permitidos na dieta hipossódica

Alguns alimentos são permitidos tanto na dieta hipossódica, como para os diabéticos, sempre com moderação. Os alimentos permitidos na dieta hipossódica são:

  • Carnes, peixes, ovos, aves, feijões e ervilhas;
  • Óleos, gorduras, condimentos e sopas;
  • Massas, produtos à base de farinha e grãos;
  • Produtos laticínios;
  • Frutas e vegetais.

Cardápio da dieta hipossódica

Preparamos para você um cardápio excelente para quem tem hipertensão e diabetes, baseado na dieta hipossódica e feito com zelo e cuidado para te trazer saúde sem sacrifícios. O cardápio é estruturado em três dias e é o seguinte.

Dia 1

Café da manhã:

½ melão, 1 fatia de pão com baixo teor de sódio com 1 colher de sopa de manteiga com baixo teor de sódio e café ou chá.

Lanche da manhã:

2 damascos.

Almoço: salada grande com brócolis, cenoura, couve-flor, cebola vermelha, rabanete, pepino, alface romana e tomate picadinhos. Temperar com vinagre e ervas sem sal.

Lanche da tarde:

1 tigela com cerejas frescas.

Jantar:

Salada com pepino, manjericão fresco e morango, e tempero com baixo teor de sódio, 115 g de salmão fresco grelhado, com quinoa, temperado com vinagre.

Lanche da noite:

Melancia

Dia 2

Café da manhã:

Mingau de aveia laminada feito com leite de soja ou leite sem gorduras e 1 laranja ou 1 maçã .

Lanche da manhã:

Salada com molho caseiro sem sal

Almoço:

Sanduíche vegetariano feito com pão com baixo teor de sódio.

Lanche da tarde:

1 xícara de morangos frescos.

Jantar:

150 g de frango fresco ou peixe grelhado, batata-doce assada e vegetais cozidos ao vapor.

Lanche da noite:

Frutas frescas.

Dia 3

Café da manhã:

Aveia com framboesas frescas e chá ou leite desnatado e café.

Lanche da manhã:

Salada de tomate com tempero de baixo teor de sódio e ervas sem sal.

Almoço:

Salada de milho fresco e cenoura com pêssego e temperada com suco de limão fresco e vinagre.

Lanche da tarde:

1 xícara de iogurte grego natural com ½ banana fresca e suco de limão fresco, além de framboesas.

Jantar:

Hambúrguer vegetariano com pão de baixo teor de sódio, alface romana e mostarda com baixo teor de sódio.

Lanche da noite:

Fatias de abacaxi grelhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *